Sobre ser mineiro (Brumadinho e Bento Rodrigues)

51116983_10218190579781720_6001162175530401792_n

Morei durante 24 anos na grade BH. Do momento em que nasci ate terminar a universidade. Me mudei depois que tive uma oferta de emprego em Sao Paulo. Foi a primeira vez que sai de Minas por mais que algumas semanas. Foi morando em Sao Paulo que eu me vi como mineira. Antes disso eu tinha os mesmo costumes e sotaque que “quase” todos a minha volta. Foi la que comecei a criar a identidade do que eh ser mineiro(a). E por muito tempo, para mim, ser mineiro(a) foi falar arrastado com um sotaque tipico, gostar de um prosear espontaneo em qualquer lugar, sentir saudade de comer pao de queijo e mais um monte de coisa tipicas de Minas.

Uma das coisas que mais gostava de fazer quando morava em Sao Paulo, era viajar de carro de volta para “casa”. Quando a saudade batia, la ia eu, muitas vezes sozinha, com meu Palio vermelhinho 1.0 pela Fernao Dias. Nao tinha pressa de chegar e por muitas vezes escolhia o caminho mais longo, evitando a BR381 e me aventurando pelas cidades que encontrava pelo caminho. Minha companhia eram minhas musicas favoritas e a vista das montanhas.

Me lembro da minha montanha preferida. Linda… Ficava mais ou menos umas duas horas de BH (nao me lembro o Km ou a cidade perto). A paisagem era linda! No sentido SP-BH, o carro terminava de fazer uma curva e ao comecar uma forte subida era impossivel manter a velocidade com meu motor 1.0. Pois era justamente neste trecho que ficava a minha montanha favorita. E eu agradecia a forte subida por me “dar” tempo de apreciar aquele cartao postal.

Em uma das minhas viagens notei que  haviam tratores  e caminhoes trabalhando na base daquela montanha linda. Passados mais alguns meses, em uma outra viagem, vi que mais atividades estavam sendo organizadas ali. Vi que uma fazendinha que era perto da montanha nao existia mais… Comecei entao a ver mudancas mais significativas a cada viagem e depois, a cada visita que fazia a minha familia, percebia que um pedaco da montanha havia sido retirado…

Nao me lembro mais ha quanto tempo nao faco esta viagem. Mas me lembro da ultima vez que a fiz. Me lembro de ver a minha montanha favorita ter sido reduzida pela metade, e toda aquela linda paisagem de cartao postal ter se transformado em area de trabalho de uma mineradora.

Hoje, depois de mais um acidente criminoso com estouro de barragem de rejeitos de minerios, me vi pensando sobre o que eh ser mineiro(a). Me lembrei da minha montanha favorita e do fato dela ter sido tirada nao so de mim, mas de todos as pessoas que apreciavam aquela vista. Me vi pensando que ser mineiro eh tambem isso de ir perdendo aos poucos os pedacos da terra que “nos formou”. Eh nao reconhecer a paisagem que fez parte da nossa infancia. Eh estranhar o entorno a cada “volta” para casa. Eh pensar que cada pedacinho de Minas que eh destruido, que eh retirado, eh tambem um pedacinho da gente que quebra, solta, se dissolve, vai embora e nao ha como voltar atras. E naquele vazio fica a saudade do que poderia ter sido e muita, muita indignacao…

Aqui deixo o meu carinho e respeito as vitimas do acidente criminoso da Vale do Rio Doce em Brumadinho em jan/2019.

Aqui deixo, mais uma vez, o meu carinho e respeito as vitimas do acidente criminoso da Samarco em Bento Rodrigues em nov/2015.

Anúncios

Heróis da Gente

Não me lembro bem da data exata mas em algum momento de 2018 fiquei pensando no monte de gente legal que tem no Brasil. Fiquei pensando em como tantos brasileiros(as) batalham incansavelmente em busca de uma sociedade melhor porque simplesmente acreditam que eh possível! Fiquei pensando em como essas pessoas sao verdadeiros heróis/heroínas e o quanto seria legal conhecê-las, divulgá-las e nos inspirarmos nas suas histórias. Fiquei pensando no que poderia ser feito e então conversando com uma “amiga virtual”, a Diorela (do blog https://saidaafrancesa.wordpress.com/) tivemos a idéia de começar a coletar informações e criamos um perfil no Instagram. E assim nasceu o “Heróis da Gente”! Um perfil inspirador no Instagram para quem quer bons exemplos, para quem busca inspiração. Pessoas reais, vitórias possiveis!

Convido então à vcs para conhecerem o nosso projeto no Instagram (@heroisdagente). Sugiro que vocês não se sintam satisfeitos somente com as poucas palavras com as quais apresentamos nossos heróis/heroínas. Mas que essas palavras sejam apenas um ponto inicial para que busquem mais informações sobre eles/elas na internet. As histórias são tão inspiradoras e ricas e o Instagram tao limitado… Não aceitem o limite das palavras do nosso perfil. Ao contrário, se inspire nele e voe alto, assim como os sonhos e a determinacao dos heróis/heroínas que lá estão.

E se gostar deste sopro de inspiração, divulgue para os amigos e familiares. E se conhecer uma história inspiradora, alguém que ajude de alguma maneira a sociedade, ajude uma familia, ajude a natureza, os animais, alguém que vença seus limites, alguém que te inspire, nos conte por favor. E assim poderemos todos nos sentir inspirados. Quem sabe esta pessoa eh voce? 😉

Programão pra quem?

Aquele dia que vc leva o seu filho para escola numa tarde escura e fria… E chegando lá a professora vem toda feliz avisar que eles vão passar a tarde passeando no zoológico e vão ver o Papai Noel. Parece um programação, né? E é… mas para crianças que gostam de ver bichos enjaulados e celebram o Natal. Não é o caso do meu filho… 😔 E tudo isso num dia que mais parece noite de tão escuro e do frio de 7 graus. Fiquei com dó do Pimpolho hoje… ele me olhou com uma carinha de “não me deixa aqui hoje, por favor”.

Desculpa, filho! Vamos torcer para que um dia visitar animais enjaulados não seja visto como uma coisa “legal” e que um dia as escolas possam respeitar as famílias que não são religiosas e não celebram o Natal e muito menos acham essa ideia de Papai Noel algo que deva ser incentivado. Enquanto isso a gente vai tentando se encaixar do jeito que dá… desculpa… 😶

You. Me. Some. One. Now.

45919600_2199651266713119_220157261928988672_n

Right now there are Tibetan Buddhist monks in a temple in the Himalayas endlessly reciting mantras for the cessation of your suffering and for the flourishing of your happiness.

Someone you haven’t met yet is already dreaming of adoring you.

Someone is writing a book that you will read in the next two years that will change how you look at life.

Nuns in the Alps are in endless vigil, praying for the Holy Spirit to alight the hearts of all of God’s children.

A farmer is looking at his organic crops and whispering, “nourish them.”

Someone wants to kiss you, to hold you, to make tea for you.

Someone is willing to lend you money, wants to know what your favorite food is, and treat you to a movie.
Someone in your orbit has something immensely valuable to give you — for free.

Something is being invented this year that will change how your generation lives, communicates, heals and passes on.

The next great song is being rehearsed.

Thousands of people are in yoga classes right now intentionally sending light out from their heart chakras and wrapping it around the earth.

Millions of children are assuming that everything is amazing and will always be that way.

Someone is in profound pain, and a few months from now, they’ll be thriving like never before. From where they are, they just can’t see it.

Someone who is craving to be partnered, to be acknowledged, to arrive, will get precisely what they want — and even more. And because that gift will be so fantastical in its reach and sweetness, it will quite magically alter their memory of angsty longing and render it all “So worth the wait.”

Someone has recently cracked open their joyous, genuine nature because they did the hard work of hauling years of oppression off of their psyche — this luminous juju is floating in the ether, and is accessible to you.

Someone just this second wished for world peace, in earnest.

Some civil servant is making sure that you get your mail, and your garbage is picked up, that the trains are running on time, and that you are generally safe.

Someone is dedicating their days to protecting your civil liberties and clean drinking water.

Someone is regaining their sanity.
Someone is coming back from the dead.
Someone is genuinely forgiving the seemingly unforgivable.
Someone is curing the incurable.

You. Me. Some. One. Now.

~ Danielle LaPorte via Mary Standing Otter
Artwork by Painting Woodland

*************************************************************************************

Neste momento, há monges budistas tibetanos em um templo nos Himalaias recitando infinitamente mantras para a cessação de seu sofrimento e para o florescimento de sua felicidade.

Alguém que você ainda não conheceu já está sonhando em te adorar.

Alguém está escrevendo um livro que você lerá nos próximos dois anos e que mudará a maneira como você vê a vida.

Freiras nos Alpes estão em vigília sem fim, rezando para que o Espírito Santo acenda os corações de todos os filhos de Deus.

Um fazendeiro está olhando para suas plantações orgânicas e sussurrando “nutra-as”.

Alguém quer beijar você, te abraçar, fazer chá para você.

Alguém está disposto a lhe emprestar dinheiro, quer saber qual é a sua comida favorita e te convidar para um filme.
Alguém em sua órbita tem algo imensamente valioso para você – de graça.

Algo está sendo inventado este ano que mudará como sua geração vive, comunica, cura e passa adiante.

A próxima grande música está sendo ensaiada.

Milhares de pessoas estão em aulas de ioga intencionalmente enviando luz de seus chakras do coração e envolvendo-a ao redor da terra.

Milhões de crianças estão assumindo que tudo é incrível e sempre será assim.

Alguém está com muita dor e, daqui a alguns meses, estará prosperando como nunca antes. De onde eles estão, eles simplesmente não podem ver.

Alguém que almeja ser parceiro, ser reconhecido, chegar, terá exatamente o que quer – e ainda mais. E porque esse presente será tão fantástico em seu alcance e doçura, ele irá magicamente alterar sua memória de desejo angustiado e tornar tudo “Assim, vale a pena esperar”.

Alguém recentemente abriu sua natureza alegre e genuína porque fez o árduo trabalho de tirar anos de opressão de sua psique – esse juju luminoso está flutuando no éter e é acessível a você.

Alguém apenas este segundo desejou a paz mundial, a sério.

Algum funcionário público está certificando-se de que você recebe sua correspondência, e seu lixo é recolhido, que os trens estão funcionando a tempo, e que você está geralmente seguro.

Alguém está dedicando seus dias a proteger suas liberdades civis e água potável.

Alguém está recuperando sua sanidade.
Alguém está voltando dos mortos.
Alguém está genuinamente perdoando o aparentemente imperdoável.
Alguém está curando o incurável.

Você. Eu. Alguns. 1. Agora.

~ Danielle LaPorte via Mary Standing Otter
Arte finala pintando a floresta

Boa Sorte, Brasil…

Pessoas foram covardemente assassinadas nestas eleições. Até onde eu tenho conhecimento, nenhum desses assassinatos foram feitos aos gritos de “Lula”, “Haddad” ou “Manuela”. Relacionamentos também foram mortos nessas eleições. Eu mesma fui atacada embora tenha sempre respeitado a opinião das pessoas e familiares.
Não sinto raiva. Sinto pena e sinto também muita tranquilidade por ter escolhido o lado que convida à paz e à educação.

Aos amigos e familiares que votaram no Bolsonaro eu desejo, do fundo do coração, que eu, a ONU, o Papa, os principais jornais sérios do mundo inteiro, o FHC, o Ciro, a Marina, o Leonardo Boff, o Mia Couto, o Agualusa e até a Marine Le Pen estejamos errados. E que vcs, o Alexandre Frota, os adolescentes do MBL, o Doria, o Edir Macedo, a Janaina Paschoal e o Mourão estejam certos.

Aos amigos e familiares que votaram contra o fascismo eu desejo esperança e força. O Brasil precisará de vcs mais do que nunca.

Aos amigos e familiares que votaram branco, nulo ou que não votaram (30% dos eleitores, mais de 42 milhoes de brasileiros/as!!!) eu não desejo absolutamente nada porque eu não entendo como alguém pode ficar neutro nesta situação.

Ao Brasil eu desejo mais amor e fraternidade, desejo sonho e alegria, desejo diversidade e DEMOCRACIA ACIMA DE TUDO e que TODOS OS DEUSES possam aí se sentir bem vindos. ⚘💛💚44977596_10217451289379922_2774324031678054400_o