Onde comer pao de queijo em Basel!

Então você eh brasileiro(a) e para “piorar” as coisas, eh mineiro(a), mora em Basel e “morre” de saudade e vontade de comer aquele pão de queijo quentinho, crocante por fora e “borrachudinho” por dentro… Então não tem jeito gente, tem que comer pão de queijo eh em casa mesmo!

Eu já passei muita vontade de comer pão de queijo aqui em Basel. Ate que a Tia Vânia me passou uma receita infalível (eu já fiz 4 vezes e mesmo quando deu “errado” ficou bom. 🙂 ).  Vou passar a receita aqui e, de quebra, para quem mora em Basel eu vou deixar dicas de onde encontrar os ingredientes (ver lá embaixo no post).

Pao de queijo

1/2 Kg de polvilho doce

mais ou menos 1/4 do queijo português “Casteloes” (para quem mora em Basel, ver dica lá embaixo) ou algum outro queijo “curado”

100ml de agua

100ml de óleo de girassol

100ml de leite

1/2 colher sopa de sal

entre 4 e 5 ovos

Coloque para ferver a agua, o leite, o óleo e o sal. Vai mexendo ate a mistura começar a subir na panela. Quando chegar neste ponto, vire a mistura no polvilho previamente colocado em uma bacia ou tigela. Deixe esfriar ate o ponto em que você consiga mexer sem queimar a mão.

Comece a misturar a massa com uma colher. Acrescente 1 ovo e passe a misturar a massa com as mãos ate que o ovo fique completamente misturado a massa. Acrescente o segundo ovo e repita o processo. O terceiro ovo e repita, o quarto ovo e repita… Atenção: se vc acrescentar todos os ovos de uma só vez eu não sei o que vai virar… mas a Tia Vânia me disse que fica ruim e que este era o Segredo da receita. E eu acreditei nela… afinal, o pão de queijo dele fica “bao demais da conta!” 😉

A quantidade de ovos dependera da aparência da massa. Ela não pode ficar muito liquida e nem com aspecto de farinha. A massa fica meio grudenta mesmo e não sai fácil da mão.

No final, acrescente o queijo e misture bem. Dai eh só enrolar untando as mãos e os dedos com óleo.

Normalmente eh bem chato de enrolar porque a massa eh meio grudenta. Um sinal de que você colocou mais ovo do que deveria eh quando você não consegue formar as bolinhas com a mão. Neste caso use uma colher. O pão de queijo vai ficar com o aspecto mais feinho mas fica gostoso também ( já cometi este “erro”…).

Por outro lado, se vc conseguir enrolar as bolinhas com muita facilidade, isso significa que ou você eh “o ninja do pão de queijo” ou você colocou ovo de menos. Nesse caso o pão de queijo vai ficar mais seco e com uma casca mais grossa. Mas eu também gosto assim…

De resto eh só assar e comer esta delicia enquanto escuta Milton Nascimento, Skank, Lo Borges, Clube da Esquina ou tantos outros cantores mineiros. (Cuidado para não engasgar com no noh na garganta. Afinal, saudade mata!).

pao

Meu delicioso pão de queijo. 🙂

E para quem mora em Basel:

Polvilho: disponível na lojinha indiana perto da estação de trem (clique aqui para ver localização)

Dica: nesta mesma lojinha você encontra mais um monte de produtos brasileiros, entre eles: feijão de todas as cores, canjica, milho de pipoca, suco de maracujá, fermento Royal, farinha de mandioca, etc, etc).

Queijo: eu uso o queijo português “Casteloes” que eh um queijo curado e parecido com os queijos lá de Minas. Este queijo você encontra na lojinha de produtos portugueses-espanhois “La Espanola” (clique aqui para ver localização)

Dica: nesta lojinha você encontra biscoito maria, leite condensado e alguns produtos portugueses que são bem parecidos com os brasileiros.

Anúncios

Onde comer carne ‘de verdade’ em Basel

Alerta: se vc eh um dos meus queridíssimos amigos vegetarianos, por favor ignore este post! Na próxima encarnação serei como vcs. Eu juro! 😉

AGORA… se você eh brasileiro(a), nao eh vegetariano e vive em Basel talvez esteja com saudades de comer carne ‘de verdade’! Com certeza, se vc mora aqui ja teve oportunidade de comprar carne nos supermercados daqui (Coop, Migros, Denner) e ficou surpreso não só com o sabor estranho como com o preço e a quantidade de agua e “espuma” (alguém pode me explicar o pq disso?) que a carne daqui solta. Eca!!! Alem disso, se vc ja foi convidado para um “barbecue” no parque ou no quintal de um suíço ou de um europeu, provavelmente você voltou decepcionado e com fome para casa… isto porque quando um suíço ou europeu te convida para um churrasco, normalmente eles te servem salsicha grelhada com mostarda ou carne de porco cor vermelho-artificial e cheia de muxiba, kkkk. Enfim, para os carnívoros de plantão, digamos que a Europa e principalmente a Suíça, deixa muito a desejar.

MAAASSS, se você mora em Basel ou nas redondezas, alegre-se! Aqui do “ladinho”, em Lorrach na Alemanha, tem uma churrascaria argentina com carne com gostinho de churrasco dos nossos “vizinhos-argentinos”. Ta… tudo bem, ainda eh diferente do churrasco brasileiro e não tem picanha… mas fazer o que? Quem não tem cão, caça com gato mesmo. Enfim, para quem aprecia carne ‘de verdade’, eu garanto: vale a pena uma visita!  A carne eh macia, suculenta e deliciosa!

http://www.elgaucho-loerrach.de/

l5

Estivemos la no final de semana e uhmmm… delicia! Além da carne maravilhosa, o preço também eh melhorzinho que em Basel.

l7Observação 1: como vocês podem ver, a salada na Alemanha anda de mãos dadas com a maionese. Se você não gosta ou acha muito pesado (como eu!), lembre-se de pedir para não colocarem. Como vcs podem ver, esquecemos deste detalhe…

l3observação 2: meu prato… o que eh um “bife” sem batata frita, nao eh mesmo? 😉

l1

observação 3: prato do Marido. Ele gosta ‘só um pouco’ de carne…

Depois da comilança de carne, vale a pena uma voltinha pelo centrinho da cidade que eh bem bonitinho (no domingo as lojas estão todas fechadas, só para lembrar, ok?). E se ainda tiver espaço no estômago, vale a pena um sorvete na sorveteria Mona Lisa que fica a alguns passos dali.

l6

Dica: se for no inverno, faça reserva! E vá preparado para sair literalmente defumado do lugar.

Bom apetite! 😉