Yoga em Basel

Consegui! Gente, estou super feliz por finalmente ter conseguido voltar para as aulas de yoga. 🙂

Fiz um malabarismo danado para arranjar tempo entre o trabalho, casa e Pimpolho e acabei encontrando uma “brechinha” no horário de almoço uma vez por semana. Eu sei… eh pouco. Mas já eh um bom (re)começo, né?

yoga e meditacao - Google Search_2013-09-06_14-04-21

Enfim, atualmente eu estou fazendo yoga no Niyama e adorando. Eu já fazia yoga lá antes de engravidar e adorava. A instrutora (Regula) eh uma gracinha e muito simpática. Conhece todo mundo pelo nome. Algumas aulas são dadas em inglês, obviamente são essas aulas que eu frequento. Normalmente as aulas são bem cheias mas a sala eh bem espaçosa, limpa e organizada. Enfim, eu gosto muito. E gosto mais ainda do horário da aula em inglês que combina com o meu horário! 🙂

Eles também tem aulas de pilates que eu também já experimentei e são muito boas. Mas o meu negocio eh Yoga mesmo! 😉

Segue o link para quem se interessar:

http://www.gesunderlifestyle.com/YogaPilates/tabid/93/Default.aspx

Outra dica de escola que já experimentei eh o Byoga. Ja faz tempo que não faço aula lá mas eu também gostava. Eu decidi sair de lá porque o yoga que eles dão eh mais “power” e não eh muito o que gosto. Além disso eu achava o pessoal que frequentava as aulas meio fashion e com isso eu me sentia meio peixe fora d’agua. Quando eu fazia aula lá, eu procurava fazer aula com as gravidas (mesmo sem estar gravida) porque eram aulas mais calmas e para mim yoga e calma andam de mãos dadas. Mas enfim, eles tem aulas de vários tipos e também tem vários professores diferentes. O que eu mais gostava era o Manu (não sei se ele ainda esta dando aulas lá).

Segue o link para quem se interessar:

http://byogabasel.wordpress.com/

Agora um breve comentário comparando as aulas de yoga que já frequentei aqui com as aulas que frequentava no Brasil (São José dos Campos e São Paulo): eu morro de saudade dos meus professores de yoga do Brasil e das aulas que fazia lá! 🙂

Aqui eu vejo muita competitividade nas classes. Competitividade de um com o outro e também de um com ele mesmo (se eh que vcs me entendem…). Enfim, yoga para mim eh muito mais que exercício físico, eh um estilo de vida, eh observação, eh sentir a respiração, eh ver onde estão nossos limites e tentar descobrir porque eles estão ali, eh respeita-los, eh aceitação de como e de quem somos, eh auto conhecimento, eh mais que matéria, eh meditação… enfim, eh auto conhecimento. E eh justamente de todo o conceito BÁSICO do yoga que mais sinto falta nas aulas aqui. Eh de toda a simplicidade das aulas de yoga que eu frequentava no Brasil que eu sinto falta aqui. Sinto falta de ter mestres (no sentido de pessoas que me inspiravam a praticar yoga) e não somente instrutores. Porque se eu precisasse e quisesse somente instrutores eu poderia fazer yoga em casa com vídeos, né não? Enfim, fica aqui o meu carinho, a minha saudade, o meu agradecimento e o meu respeito aos meus mais que instrutores, meus inspiradores e mestres de yoga no Brasil. Namaste!

flor de lotus - Google Search_2013-09-06_14-11-47

Anúncios